Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque [permanente]

Conheça meus livros e me ajude a crescer!

Cartão de crédito não é dinheiro | Boas práticas com cartão e finanças

Que crédito e dinheiro são coisas diferentes, isso não é novidade. Mas, na prática não é o jeito que as pessoas normalmente lidam com isso. Hoje quero refletir com você porque cartão de crédito não é dinheiro.

O que mais se vê pelos grupos na internet, especialmente em redes como Facebook e Twitter, é gente tratando cartão de crédito como se fosse dinheiro. Tanto que é mais comum encontrar pessoas reclamando do limite, que do serviço.

Então vamos estabelecer duas coisas aqui: Cartão de crédito, é crédito, e crédito é um empréstimo. Quando você usa o cartão, você está usando um dinheiro emprestado de um banco, ou instituição de pagamentos. 
A diferença entre usar um cartão de crédito e pegar um empréstimo, é que o cartão é mais fácil e costuma não cobrar juros quando você paga em dia. Fazendo do cartão um bom meio de pagamento, mas também uma armadilha mortal.

O grande problema do cartão, é que ao mesmo tempo que ele não te cobra juros para usar o dinheiro, ele cobra taxas altíssimas caso atrase, ou não possa pagar a fatura. E não é difícil encontrar alguém que já tenha se enrolado usando o rotativo do cartão. Talvez você conheça alguém próximo que já tenha atrasado, ou deixado de pagar uma fatura e o valor veio lá em cima. Ou pagou o mínimo e descobriu que o valor tinha mais que dobrado.
Em 2021, por exemplo, os juros rotativos dos cartões chegaram a 350%, ou seja, mais de 3 vezes o valor da fatura do indivíduo. E com a tendencia de alta de taxas, isso pode ficar pior. Mas, eu não estou falando isso para você desistir de usar cartão.

É importante você entender que o cartão é uma ferramenta. Ele deve ser usado para pagar facilitar o pagamento de coisas que você teria o dinheiro para pagar na data de vencimento. Seja a vista, ou parcelado. Sim, as vezes precisamos comprar algo muito caro e não dá para esperar, mas sabemos que podemos separar um pouco de dinheiro todo mês, então, com controle, pode colocar no cartão.
Não trate o cartão como dinheiro grátis. Isso nem existe. Ele é um recurso, e quando utilizado ele vira dívida. Tenha controle de todos os gastos que está fazendo e evite surpresas. Perder o controle do cartão pode significar que vai faltar dinheiro para as coisas realmente importantes da vida.

Eu vou ficando por aqui. Meu nome é Elias Ribeiro, um grande abraço!



Abraços e até a próxima!
Para encontrar mais aulas como esta, ou outras diferentes, acesse nosso índice clicando aqui!

Comentários

Postagens mais visitadas